Um bom servo e um mau amo

Não estimes o dinheiro nem em mais nem em menos do que aquilo que vale, porque ele é um bom servo e um mau amo.
(Alexandre Dumas)