De pouco me serve, para ser feliz, o facto de poder ir tomar café a Londres e voltar para o almoço, ou ter a possibilidade de assistir a um importante jogo de futebol comodamente instalado na sala de estar da minha casa, se o meu egoísmo me afastar diariamente dos outros. Ou se a consciência me acusar de ter conquistado dinheiro e bem-estar à custa de prejudicar outras pessoas.
(Paulo Geraldo)