Sê como a árvore do sândalo

Sê como a árvore do sândalo, que perfuma até o machado que a corta.
(Tagore)