Quando te deres conta de que para produzir necessitas obter a autorização de quem nada produz; quando te deres conta de que o dinheiro flui para o bolso daqueles que traficam não com bens, mas com favores; quando te deres conta de que muitos na tua sociedade enriquecem graças ao suborno e a influências, e não ao seu trabalho, e que as leis do teu país não te protegem a ti, mas protegem-nos a eles contra ti; quando, enfim, descobrires ainda que a corrupção é recompensada e a honradez se converte num auto-sacrifício, poderás afirmar, taxativamente, sem medo de te enganares, que a tua sociedade está condenada.

(Ayn Rand)

Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus