Para que possam existir

Há lugares no coração do homem, que não têm existência ainda; e neles penetra o sofrimento, para que possam tê-la.

(Leon Bloy)