O luto significa a realidade de um amor que não morreu dentro de nós. De um amor que – por ser tão grande e profundo, por ser tão… único – não pode ser esquecido ou substituído enquanto durar o tempo de afastamento.

(Paulo Geraldo)