O lugar da luz, o lugar da verdade, o lugar do amor – é o lugar onde quero estar, embora tenha muito medo de chegar a atingi-lo. É o lugar onde receberei tudo o que desejo, tudo o que sempre esperei, tudo aquilo de que vou ter necessidade. Mas é também o lugar onde tenho de largar tudo o que quero reter. É o lugar que me confronta com o facto de que aceitar de verdade o amor, o perdão e a cura é frequentemente muito mais duro do que concedê-los. É o lugar para além daquilo que cada um, por si mesmo, pode obter ou merecer, das recompensas que possa merecer. É o lugar da rendição e da total confiança.
(Henry Nouwen)