O homem é um ser religioso por natureza, e sabe que pode dirigir-se a Deus. Esta atenção que o próprio Deus colocou no homem é a arma da oração que depois se reveste de muitas formas e modalidades. Aprendei a reconhecer no vosso íntimo a voz de Deus, que na oração chama a profundidade da vossa existência à fonte da vida e da salvação.

 

(Bento XVI)