Carrega de ouro as asas do pássaro e ele nunca mais voará pelo céu.
(Tagore)