Amargo destino o daquele que é compreendido e que é levado em triunfo e lhe agradecem e o honram e o enchem de bens. Em breve se satisfaz com uma pretensão vulgar e troca as suas noites de estrelas por mercadorias. Esse homem era mais rico, mais nobre e mais maravilhoso do que os outros, era senhor da sua solidão. Por que vem ele submeter-se à opinião dos sedentários?
(Saint-Exupéry)