É por causa desse sofrimento que o amamos

Podemos sofrer no deserto e, no entanto, amá-lo. De resto, é por causa desse sofrimento que o amamos.
(Saint-Exupéry)