As Almas são substâncias divinas. E depois da morte abrem um caminho para o céu. Não penso como os que recentemente se puseram a sustentar que a alma perece com o corpo, e que tudo é destruido pela morte. Prefiro submeter-me à autoridade dos antigos, à dos nossos pais, que rendiam aos mortos honras religiosas (o que não fariam, sem dúvida, se acreditassem que os mortos eram insensíveis).
(Cícero)