Não há amor que não exija coragem. E é também certo que se o teu amor for verdadeiro – e não uma forma disfarçada de procurares a tua satisfação pessoal – terás toda a coragem de que necessitas. Tu ainda não sabes o que és capaz de fazer! Não imaginaste, sequer, aquilo que há para além da curva do medo! Tens andado a fugir… de ti e da felicidade.
(Paulo Geraldo)