É trágico que tão poucas pessoas alguma vez “possuam as suas almas” antes de morrerem. “Nada é mais raro no homem”, diz Emerson, “do que um acto que lhe seja próprio”. É bem verdade. A maioria das pessoas são as outras pessoas. Os seus pensamentos são as opiniões das outras pessoas, a sua vida uma imitação, as suas paixões uma citação.
(Oscar Wilde, in De Profundis)