A paciência é uma garantia da ordem. Perder o domínio de si próprio é sempre a maneira mais propícia a perder a sua autoridade sobre outrem. Um aspecto tranquilo, com origem não num temperamento fleumático mas numa disciplina pessoal, exerce nas pessoas nervosas sem domínio uma influência sugestionável à qual não podem escapar.
(Hughes)